Life OKRs: como traçar metas de modo inteligente

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Um novo ano está chegando, e com ele, aumenta a vontade de assumir a responsabilidade da sua vida, certo? Assim, é preciso buscar maior controle sobre as suas demandas, energia e valores fundamentais.

Só que isso só é fácil na teoria. Depois de pensar nos seus planos, é preciso arranjar tempo e energia para executar as tarefas em ordem de importância, no tempo propício, atingir os objetivos e se sentir bem no dia a dia. Não é à toa que só 8% das pessoas cumprem suas resoluções de ano novo.

Para que você entre nessa estatística, seus objetivos devem ser qualitativos, específicos e traçados de forma inteligente. Você já deve ter ouvido falar em OKRs no ambiente de trabalho, mas sabia que eles são excelentes para traçar metas fora do escritório?

Neste post, você vai entender melhor como este conceito pode te ajudar a traçar metas pessoais e criar hábitos de um modo eficaz e totalmente otimizado para a prática.

O que são Life OKRs?

O conceito de OKR (Objectives and Key Results, ou: Objetivos e Resultados Principais) é uma técnica implementada no Google em 1999 para definir e rastrear objetivos, bem como seus resultados.

O responsável pela sua implantação, John Doerr, observou como esse sistema ajudou o Google a operar de maneira ambiciosa e mensurável. Portanto, aproveitou os métodos implantados para aplicá-los em sua vida pessoal. 

Em uma entrevista, ele declarou que vê muito valor pessoal nos jantares em família, mesmo após suas filhas já terem saído de sua casa. Então ele definiu o seguinte OKR: todos deveriam estar em sua casa para jantar pelo menos 20 noites por mês, às 18h.

Nesses momentos, ele fazia questão que todos estivessem realmente focados no momento presente, por isso, resolveu estabelecer as seguintes regras: desligar os celulares e a internet de toda a casa durante o jantar. 

John também foi bastante transparente e fez questão de comunicar seu novo objetivo para toda a família. Transformando todas essas ações em um OKR, podemos constatar o seguinte:

O (objetivo): ter mais momentos de qualidade em família.
KR1 (mensurador 1): Estarem juntos às 18h, 20 dias por mês.

KR2 (mensurador 2): Estarem realmente presentes à mesa, com o roteador da internet desligado, para evitar distrações

Como você pode ver, John não definiu apenas um objetivo vago que ele quer alcançar, mas detalhou de que forma ele pode ser alcançado. Isso o ajuda a definir quais micro tarefas ele deve realizar para ter tempo com sua família e a especificar suas vontades, definindo com qual frequência ele se encontra com suas filhas.

Por fim, uma dica que ele implementou é que os OKRs sejam públicos ou compartilhados com suas filhas. Isto é muito importante para ajudar a ter o compromisso de quem está envolvido com aquele objetivo (e, talvez, o apoio de seus amigos).

Como implementar Life OKRs em sua rotina

Antes de tudo, você deve configurar um objetivo. É recomendado que seja ousado e capaz de te tirar da sua zona de conforto. Em seguida, você deve configurar uma série de “Resultados Chave” que devem ser mensuráveis, ou seja, capazes de se quantificar de forma simples. 

Em suma, você deve “quebrar” seus objetivos em metas menores. Assim, com o objetivo você saberá o que fazer, e com suas metas quebradas, você entenderá como fazer. Vamos usar mais um exemplo.

Suponhamos que você está começando a se exercitar, ou tem um objetivo fitness, que é estar mais em forma daqui a seis meses. Este desejo pode ser muito vago, então é recomendado que ele se transforme em um objetivo mais específico e possível de mensurar. 

Dessa forma, um exemplo de Life OKR poderia ser:

O (objetivo): Correr 10km em 50 min daqui seis meses.

KR1 (mensurador 1): Ir a academia 3 vezes por semana.

KR2 (mensurador 2): Acrescentar 1 km a mais por semana na esteira.

KR3 (mensurador 3): Aumentar a velocidade da esteira gradativamente (+1 km por hora a cada semana).

Comunique seus objetivos a sua família e amigos. Assim eles podem mostrar apoio e te ajudar a se manter na linha. Melhor ainda se tiver alguma corrida ou maratona chegando e você avisar a todos que se comprometeu a participar.

Lembre-se os Life OKRs devem ser tão específicos e mensuráveis quanto qualquer outra métrica que você usaria para criar seus OKRs no trabalho. Life OKRs não são apenas uma lista de desejos, e sim uma forma de viabilizar aqueles objetivos que você precisa colocar em prática.

Gostou do post? Se este conteúdo foi relevante para você, não deixe de assinar nossa newsletter no box abaixo. Assim você poderá receber todas as novidades do blog (e muito mais!) no seu e-mail.

SEGUNDA COM A SETTA

Comece sua semana recebendo nossa newsletter com os melhores hábitos e dicas sobre organização, produtividade e bem-estar.


Outros posts